Residencial
O que é?

Representa como o projeto deverá ser executado. Contém os seguintes elementos:

  • Plantas Baixas;

  • Elevações;

  • Cortes;

  • Detalhamentos;

  • Especificações de execução;

  • Tabelas de Áreas

  • Quadro de materiais de acabamento;

  • Quadro geral das áreas;

  • Maquete eletrônica detalhada;

  • Orçamento do projeto;

  • Elaboração de As Built.

É a especialidade da empresa?

Sim. Somos especializados em soluções arquitetônicas para unidades residenciais unifamiliares ou multifamiliares seja de padrão econômico, médio ou alto. 

O que são projetos complementares?

Faz parte do projeto executivo o projeto de instalações elétricas e hidráulicas.

- INSTALAÇÕES ELÉTRICAS

Os projetos elétricos também especificam o local em que ficará cada tomada, interruptor, ponto de luz e varias outras informações.

Tudo isso traz agilidade na hora da construção e evita possíveis ocorrências como: Esquecer de colocar tomadas em algum cômodo, não colocar tomadas suficientes para que o ambiente seja funcional, colocar tomadas na altura errada, má distribuição da fiação para a caixa de energia, entre outros.

Esses pequenos problemas acabam tornando os ambientes nada funcionais, práticos ou seguros aos moradores.

Evite 

GASTOS

Desnecessários

5 motivos que tornam o PROJETO DE INSTALAÇÕES HIDRO-SANITÁRIAS indispensável:

1. Economia

Elaborar um projeto hidráulico, mesmo que de uma residência, ele está reduzindo em média 20% do custo total da obra

 

2. Orientação para manutenção

Todo projeto ou edificação possui uma vida útil.Em determinado período, ele necessitará de reparos ou manutenção. A estrutura hidráulica não foge dessa regra. Não possuir um projeto bem elaborado pode se tornar um grande incômodo ao ter que realizar uma manutenção ou reparo

3. Evitar patologias e inconformidades

Entre as patologias e inconformidades mais comuns estão:

  • Retorno de gases fétidos devido a instalações inadequadas de esgoto;

  • Tubulações plásticas expostas ao tempo;

  • Ausência ou insuficiência de folga das paredes laterais da cisterna com paredes limítrofes do subsolo e da laje de fundo com o piso;

  • Cisterna enterrada ou semienterrada impedindo esgotamento totalmente por gravidade;

  • Falta de tampas estanques em reservatórios e cisternas;

  • Existência de eletrodutos correndo aparentes dentro da cisterna;

  • E tubulação de aviso inexistente ou ineficaz devido a demora na identificação, uma vez que o reservatório geralmente fica localizado em regiões não visíveis.

 4. Compatibilização com demais projetos

Em tubulações, ainda há improvisações como aquecimento dos tubos, curvas com junções inadequadas, ramais sem ventilação, ausência de plug no interior de caixa sifonada, deformações por temperatura ou ações químicas como solventes, bolsões de ar, assentamento de caixa d’água e vedação incorretas ou inadequadas. Realizar o projeto hidráulico é essencial para que todos os demais projetos tenham seu desempenho máximo.

5. Conforto e segurança ao usuário

Certamente o valor investido em planejamento é infinitamente mais vantajoso do que as reformas. Planejar para se ter sucesso é obrigatório e o projeto EXECUTIVO, nesse caminho, é indispensável.

Faz parte do projeto executivo o PROJETO ESTRUTURAL.

 O que mais se vê são vigas, pilares e fundações superdimensionadas, como casas de 2 pavimentos construídas com estrutura dimensionada como se a construção fosse um prédio... 

O projeto ou cálculo estrutural é muito importante não somente para garantir a sua segurança e a economia da obra, mas também porque algumas prefeituras exigem que se faça menção da solução proposta para as fundações em virtude do tipo de terreno em que será construída e se não tiver essa informação seu projeto pode ser reprovado.


Independente do tipo de terreno, sendo plano, com grande aclive ou declive, e do número de pavimentos da sua construção, do tipo de construção, é importante contratar um projeto ou cálculo estrutural para garantir sua segurança física e financeira. 

O que é o gerenciamento de obras?

Respondendo objetivamente a pergunta acima, o gerenciamento de obras consiste no acompanhamento, feito por um profissional legalmente habilitado, de todos os serviços executados em uma obra.

Quais vantagens de contratar um ARQUITETO para acompanhar sua obra?

01 - Atualização do cronograma 

O gerenciamento de obras adequado possibilita que o cronograma previsto seja executado conforme o que foi planejado, garantindo, assim, o controle dos gastos e assegurando o término da obra dentro do prazo estipulado.

02 - Antecipação de imprevistos para redução de custos

Isso significa que você terá, em sua obra, um profissional capaz de analisar todas as etapas construtivas de um modo amplo e abrangente.

03 - Controle de estoque de materiais

 

O profissional responsável por essa tarefa tem experiência e expertise para controlar adequadamente os estoques de uma obra, liberando a compra dos insumos de acordo com o andamento em campo.

04 - Cumprimento fiel do projeto

- Mais uma vantagem de se investir em gerenciamento de obra: o profissional que gerenciará as atividades no canteiro terá por missão o cumprimento fiel do projeto, fazendo as linhas projetadas no papel se tornarem parte de uma obra executada absolutamente conforme o previsto.